Dusty Hill, baixista de longa data do ZZ Top, morreu nesta quarta-feira (28) aos 72 anos.

Seus companheiros de banda, Billy Gibbons e Frank Beard, publicaram um comunicado nas redes sociais: “Estamos triste pela notícia de que hoje nosso compadre, Dusty Hill, faleceu enquanto dormia em sua casa em Houston, no Texas. Nós, junto com uma legião de fãs do ZZ Top ao redor do mundo, sentiremos falta de sua presença constante, sua natureza boa e seu comprometimento duradouro em fornecer uma base monumental ao ‘Top’. Estaremos para sempre conectados àquele ‘Blues Shuffle in C.’ Você fará muita falta, amigo.”

Na noite da última sexta-feira (23 de julho), o ZZ Top tocou no Village Commons em New Lenox, Illinois, sem a presença de Dusty Hill, que foi forçado a retornar ao Texas para resolver um problema no quadril.

A causa da morte ainda não foi divulgada.

Nascido em 19 de maio de 1949, em Dallas, no estado americano do Texas, Joseph Michael “Dusty” Hill entrou para o ZZ Top em 1970, um ano após a banda ter sido criada por Billy Gibbons. Frank Beard também fazia parte do grupo quando Hill se juntou à formação.

Além de ter tocado em todos os álbuns do ZZ Top, assumindo baixo e ocasionalmente vocais e teclados, o emblemático músico também teve uma passagem pela banda American Blues, ainda na década de 1960, junto de seu irmão mais velho, o guitarrista e cantor Rocky Hill.

"We are saddened by the news today that our Compadre, Dusty Hill, has passed away in his sleep at home in Houston, TX. We, along with legions of ZZ Top fans around the world, will miss your steadfast presence, your good nature and enduring commitment to providing that monumental bottom to the ‘Top'. We will forever be connected to that "Blues Shuffle in C.”

You will be missed greatly, amigo.

Frank & Billy