Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Relembre quando Andre Matos quase entrou para o Iron Maiden
08/06/2019 17:29 em Ultimas do Mundo Rock

Em 1993, o vocalista quase conseguiu ocupar a vaga de Bruce Dickinson, que deixava a banda britânica por um tempo.

None

 

 

O mundo do heavy metal é vasto. Muitas bandas populam o gênero e, consequentemente, muitos vocalistas com anos de treinamento e potencial vocal fora do comum. E mesmo com tanta concorrência, Andre Matos se destacava entre os melhores.Tamanho era o seu reconhecimento, que em 1993, quase entrou para o Iron Maiden, como substituto de Bruce Dicksinson que havia decidido deixar o grupo. Mas apesar de várias especulações e mitos, em uma entrevista em 2014, ele contou o real motivo de não ter sido aceito.

+++Iron Maiden testou 12 cantores para encontrar o substituto de Bruce Dickinson em 1993.

André Matos (foto) e Viper cantam juntos no Palco Sunset do Rock in Rio. Show começou por volta das 15h — Foto: Alexandre Durão/G1“Eu realmente era o primeiro nome para entrar no Iron Maiden, após a saída do Bruce, mas, por ser uma banda britânica, houve uma rejeição em colocar um vocalista latino para integrar o grupo”, revelou.

Mas o tamanho do prestígio que tinha no cenário do metal nacional foi o que o fez manter a cabeça erguida e não se abalar. Incluvisive disse, na conversa, que se o chamasses novamente, “aceitaria com o maior prazer”.

Algum tempo depois, Matos se encontrou por acaso com Blaze Bayley, vocalista que tinha sido escolhido para cantar no lugar de Dickinson (que resolveu voltar para a banda em 1999), e ouviu um segredo um tanto quanto satisfatório do novo amigo: “Eu me encontrei com o Blaze na estrada e ele me disse que eu deveria ter entrado no Iron Maiden no lugar dele. Eu fiquei muito feliz com o reconhecimento dele”.

Andre Matos morreu neste sábado, 8. A causa da morte ainda não foi revelada.

COMENTÁRIOS
O Tempo Agora